Projeto Letivo 2016-2017

Mil e Muitas Palavras

Uma imagem vale mais que Mil e Muitas Palavras;
Um gesto vale mais que Mil e Muitas Palavras;
O silêncio vale mais que Mil e Muitas Palavras;

“Mil e Muitas Palavras” é o tema do nosso Projeto Educativo para este ano letivo, através dele pretendemos mostrar que há muito mais para além das Palavras. A voz, a entoação, os silêncios, a atitude, a postura, o aspeto, a expressão do rosto, do corpo, os gestos, as emoções, a arte, a melodia, entre outros, são também eles formas de expressar algo muitas vezes mais eficaz e determinante que Mil e Muitas Palavras.

A comunicação vai muito além de palavras, configurações e de sentidos. Ela é verdadeiramente um elemento fundamental da nossa vivência e por isso mesmo é essencial compreender quais as melhores formas de a poder por em prática.

As palavras e os gestos que as acompanham são determinantes para que uma mensagem seja poderosa e bem recebida pelo outro.

O recurso às histórias tradicionais vai ser um pilar importante para que consigamos alcançar os nossos objetivos, que é senão, saber gerir as palavras e as emoções, ou seja, sabê-las usar de uma forma consciente e ser emocionalmente inteligente.

As nossas sala estão divididas da seguinte forma:

Segredos da Montanha

Creche

Vamos entrar na sala “Segredos da Montanha” e descobrir as Mil e Muitas Palavras que nela existe.

O nome da nossa sala “Segredos da Montanha” surge em consonância com o  Projeto Educativo ”Mil e Muitas Palavras” e com os objetivos que nele se estabelecem.

A nossa missão vai ser ajudar as nossas a crianças a descobrir os Segredos, Segredos esses que não são mais do que Aventuras que nos levam a descobrir os valores para o ambiente. A educação ambiental não deve ser tratada como algo distante do dia a dia das crianças, mas como parte das suas vidas.

Nada há de mais natural que a Montanha, o ar livre e fresco, as ervas acabadas de nascer, um espaço para brincar e descobrir…

Para esta grande Aventura, ao longo do ano, vamos contar com a companhia da Heidi, (personagem criada por Johanna Spyri), e com os amigos de palmo, juntos vamos brincar e explorar a Montanha e tudo o que ela tem para nos transmitir… As cores, os sons, os aromas, os animais…

Iremos percorrer este caminho deixando experiências únicas e memoráveis na construção de saberes e aprendizagens, contribuindo para um desenvolvimento saudável onde cada um se adapta ao meio, à sociedade, crescendo como um ser pleno e digno…

Jardim das Emoções

Pré Escolar

O JARDIM – É um espaço, onde se semeiam e plantam, flores, árvores, arbustos, legumes… ou seja o Jardim é um espaço que nos vai proporcionar aprendizagens, conhecimento, sabedoria, trabalho, experiencias, cheiros, sensações, Emoções…

A FLOR é o órgão de reprodução das plantas, é a parte de onde sairá a semente ou o fruto, aqui será a Criança.

A EMOÇÃO é um processo passageiro desencadeado por um estímulo (interno ou externo) maioritariamente inconsciente e difícil de verbalizar, no entanto representa um poderoso meio de comunicação (a expressão facial).

No nosso Jardim a Emoção será tudo o que vamos vivenciar, experimentar e que nos vai eventualmente proporcionar uma ou mais das seis Emoções básicas ou Universais, Alegria, Tristeza, Medo, Ira, Espanto, Nojo, mais uma vez podemos dizer que Uma Emoção Vale Mais Que Mil e Muitas Palavras

 Dificilmente as crianças verbalizam aquilo que pela expressão sentem. Perceber o significado do Sentimento pelo tom de voz, pela expressão facial ou por outras maneiras não verbais, constitui a essência da empatia, pois a partir do momento em que a Educadora reconhece as Emoções da criança (medo, raiva, ciúme, alegria, tristeza, vergonha), cria um grande vinculo afetivo – transmitir experiências, compartilhar as dificuldades, além de aumentar a intimidade.

Neste Jardim certamente que vamos ter Muitas Flores, das quais sairá Beleza, Aroma, Cor, Alegria, Graça, Primor, Perfeição,…, …. Vale Mais Que Mil e Muitas Palavras.

Histórias à Solta

Pré Escolar

“Histórias à Solta” irrompe do grande potencial que as histórias apresentam para a formação social e pessoal da criança.

A malícia do tempo e a veracidade da minha memória leva-me a ser testemunha que a oralidade dos contos tradicionais favorecem a comunicação, fortalecem os laços afetivos, desenvolvem competências, transmitem valores extremamente importantes que influenciam a formação das crianças, apelam à criatividade e ao fantástico. 

Os enredos e tramas dos contos tradicionais, possibilitam às crianças, lidar com Valores Universais ajudando-as a conhecerem-se a si e aos outros. Vão de encontro aos seus medos e angustias falando-lhes numa linguagem muito própria, do bem e do mal, da vida e da morte com o objetivo de insinuar soluções.

Quem não se recorda da história do Pinóquio? O Capuchinho Vermelho? Os três porquinhos?

O Polegarzinho? O Patinho Feio? A Princesa e a Ervilha? O Soldadinho de Chumbo…

Vamos recordar algumas dessas tradições que entoam a outros tempos…a sua oralidade vai passando de geração em geração e não devemos abandonar essas memórias. 

Proclamo assim, a velha arte de encantar, em que as Histórias e a Arte estão aliadas pela expressão das emoções e sentimentos através da criação com materiais plásticos. Vamos progressivamente apropriar-nos de diferentes técnicas e conhecimentos, através de exploração, experimentação e observação através da criação com materiais plásticos utilizando uma panóplia de técnicas que vão espelhar uma imagem, um gesto, o silêncio, uma expressão, uma ação que…valem mais do que “Mil e Muitas Palavras”.

Clube d'Aventura

Pré Escolar

Ludoteca/Sala Polivalente – espaço destinado à prática de jogos de mesa, ao visionamento de documentos em suporte digital/DVD, à utilização de computadores portáteis e à utilização de equipamentos interativos;